Buscar
  • Virgínia Lane

Unhas fracas: como tratar e mantê-las saudáveis

Atualizado: 7 de Nov de 2020

O problema atinge cerca de 20% da população mundial e envolve alimentação e mudança de hábitos. Veja dicas

Ter as unhas fracas, que quebram e lascam com muita frequência, pode ser comum, mas não é normal e merece investigação. Elas podem ser sintoma de um desequilíbrio no organismo, da falta de algum nutriente na alimentação ou de hábitos prejudiciais.

Unhas fracas descamam com facilidade

“Os principais sinais do problema são unhas finas, que descamam com facilidade, têm aspecto poroso e apresentam manchas e irregularidades, além de ficarem mais vulneráveis ao ataque de fungos”, explica o dermatologista Abdo Salomão Jr., membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Unhas fracas como sintoma

As unhas frágeis podem ser um sintoma de alguma doença, como o hipotireoidismo, a anemia ou a resistência à insulina e o diabetes. Por isso, é importante procurar um médico se as quebras forem muito frequentes. O estado delas também pode indicar que serviram de porta de entrada para infecções por fungos, vírus ou bactérias.

Outro motivo para as unhas quebradiças está na alimentação. A baixa ingestão de proteínas e vitaminas pode ser uma das causas do problema. “As unhas são feitas de queratina, que é uma proteína. Por isso, é importante consumir alimentos com bons níveis de proteína, como ovo, peito de frango, amêndoas, brócolis, carne e peixe”, diz o médico. Ingerir de 2 a 3 litros de água por dia também ajuda a manter as unhas hidratadas e resistentes.

Falta de vitaminas

A falta de selênio e de ferro pode estar por trás das unhas fracas. A carência de zinco também deixa as unhas quebradiças e com manchas esbranquiçadas. Mas não tome nenhuma vitamina por conta própria. Procure a orientação de um médico, que vai pedir os exames necessários e indicar o que você deve tomar e por quanto tempo.

Mudança de hábitos para fortalecer as unhas

Alguns hábitos diários costumam ser a causa principal para as unhas fracas e também são os mais fáceis de mudar quando se quer tê-las resistentes. O uso constante de esmaltes e removedores de esmaltes que contenham tolueno, roer as unhas e retirar completamente as cutículas são os fatores mais comuns.

“As cutículas têm função de proteção e impedem a passagem de água e outras substâncias nocivas para dentro da matriz, que é a fábrica da unha”, afirma Salomão Jr.

Veja dicas do que você pode fazer para evitar o enfraquecimento das unhas:

  1. Equilibre a alimentação, caprichando no consumo de proteínas.

  2. Não use esmaltes e removedores à base de tolueno.

  3. Evite a exposição a produtos químicos.

  4. Hidrate as mãos e as unhas diariamente. 

  5. Evite tirar as cutículas.

  6. Dê uma pausa de, pelo menos, dois dias entre uma esmaltação e outra. 

  7. Diminua o contato das mãos com detergentes.

  8. Evite roer as unhas.

  9. Utilize nutracêuticos que oferecem uma concentração de vitaminas e nutrientes que são presentes nos alimentos, mas em altas concentração.

#unhasfortes #unhasquebradiças #vitaminasparaunhas

0 visualização

Um portal focado em trazer as melhores informações sobre saúde e bem estar. Porque cuidar do nosso corpo, e de quem a gente ama, é o maior bem que podemos exercer.

  • Facebook
  • Instagram

© 2020 Cuidar & Cuidados. Construído com amor.